quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

ideia luminosa?







Agora que o espectro do desemprego se abate sobre mim, em que urge ser empreendedor, lembrei-me de dinamizar a comercialização do candeeiro Petromax no nosso país. 
Uma vez que o estudo de mercado já está feito,  nada melhor que abrir a 1ª loja na Invicta.

Alguém quer ser meu sócio? É que eu não quero ganhá-lo todo...
1º o Porto e depois à conquista do país!

Beijos e abraços.

30 comentários:

  1. Bem uma excelente ideia.

    Quando resolveres abrir uma loja em Santarém - diz

    Talvez eu possa dar-te uma mãozinha. Ou quem sabe o braço todo. Lol
    Obrigada pela visita serás sempre benvindo
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. A isso se chama empreendorismo(?), parabéns!

    Mas ainda a inteligente Jonet dirá que é incompreen´sivel e uma falta de cuidado ler-se à luz de velas, pois faz mal aos olhos!

    Agora a sétio, que idiotice dirá a criatura quando lhe perguntarem poeque não estão os pais a vacinar as crianças??

    Beijinhos, com chuva

    ResponderEliminar
  3. Os tempos estão dificeis.

    Nem quero imaginar os tempos que por aí vêm.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. ahahah terias imenso sucesso! :D

    ResponderEliminar
  5. onde é a ficha nesses aparelhos para ligar o pc?

    ResponderEliminar
  6. Tens de agir rapidamente. Agora que os chineses vão comprar o resto da EDP, não tarda muito começam a vender candeeiros aos caloteiros que não paguem a conta. eheh

    ResponderEliminar
  7. não será melhor gamar luz aos postes de iluminação publica? É que esse aparelho da foto mete um bocado de medo, não sei explicar, tem um ar sisudo...

    Beijo

    ResponderEliminar
  8. O que eu gosto da palavra e do que lhe subjaz... empreendeDORismo! Bora aí a sermos todos patrões e quem não consegue que se lixe! Vá para o estrangeiro, ora!

    Beijos iluminados.

    ResponderEliminar
  9. Ó seu totó: a malta do Porto não paga a luz porque já desde há anos que fazemos 'gatos' nos cabos da rua.
    Para quê contadores da EDP chinoca se assim até podemos ter os aquecedores ligados o dia todo, todos os dias.
    Hehe!
    (aprende com as putas velhas, meu!)

    ResponderEliminar
  10. OM Nu(a)nce:

    quando expandir o negócio para essas bandas serás convidada a ser parte integrante dele! :)

    beijo grande

    ResponderEliminar
  11. São:

    essa mulher calada é uma poetisa...
    assim...

    beijo

    ResponderEliminar
  12. Pérola:

    vamos rindo...de barriga cheia! :(

    beijo

    ResponderEliminar
  13. MJ:

    Ou não, resta tentar ;)

    beijo!

    ResponderEliminar
  14. PC, vício?

    Então não sabes que vamos regredir até 1976 e nessa altura o único PC que havia era o do Cunhal?

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  15. Pois tenho, microcéfalo
    Os chinocas minam tudo!

    grande abraço

    ResponderEliminar
  16. Bianca:

    aceito sugestões válidas :)
    registei!
    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  17. Malena:

    só estou a seguir as directivas do país...

    Beijo fu(n)dido com isto!

    ResponderEliminar
  18. Jonas:

    contigo estou sempre a aprender no que toca a "engenharias financeiras".

    Então que sugeres?
    Que vá bater pívias para a Torre dos Clérigos?

    Grande abraço!

    ResponderEliminar
  19. Mau negócio investir no mercado nacional, é preciso internacionalizar...

    ResponderEliminar
  20. És capaz de ter razão Felina....

    mas só devemos investir em locais onde conheçamos bem o mercado, caso contrário o "chimbalau" ainda pode ser maior...

    Beijo e grazie pela visita!

    ResponderEliminar
  21. Pois, por conhecer demasiado o mercado é que digo que é um risco, vender até consegues o pior é receber...

    Beijoca

    ResponderEliminar
  22. Obrigado, Felina!

    Vou-te propor sociedade, espero que aceites! :)

    beijo!

    ResponderEliminar
  23. Eh pa, isso ha anos atras era vendido pela campingas, sera que os gajos nao tem a patente? Ai velhinhos petromax,as saudades que tenho de ti que davas um jeitaço la no campismo! Nao tarda muito estamos a procurar candeeiros a petroleo e as suas camisas de venus para incendiar! E mais alguns poucos anos estamos a esfregar duas pedras uma na outra e a ocupar cavernas outrora visitadas por turistas. Uma naçao confinada a ignorancia pelo Rei Mago Gaspar.

    ResponderEliminar
  24. Anónimo:

    estive para enveredar pelo negócio das velas mas diz que em Fátima há monopólio desse artigo...

    Assim sendo vou virar-me tb para a restauração: só há 2 pratos, um de peixe e um de carne para que a dieta seja equilibrada.
    Chispalhada e atum, ambos de conserva como se impõe...

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  25. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar
  26. Vender lampiões no Porto é capaz de não ser boa ideia... ;)

    ResponderEliminar
  27. Obrigado Morgan

    Assim que puder passo por lá
    Abraço

    ResponderEliminar
  28. Rauf:

    Há lá muitos da tua cor... quero acreditar que sejam os caloteiros :)

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  29. Infelizmente, a luz, não serve só para iluminar... :)***

    ResponderEliminar
  30. Pois não, Pearl...

    O objectivo deste país é ser pobre mas honrado
    menino bem comportado do professor autoritário.
    A fome, a miséria que daí advém nada interessa.
    Apodreceu, esta merda!
    Beijo

    ResponderEliminar